quarta-feira, 31 de julho de 2013

Pico automotivo

O Xetum Kendrick é inspirado por instrumentos automotivos, batizado com o nome de um monte no Parque Yosemite, nos EUA.


Vem em uma caixa feita em madeira de seringueira, colhida das árvores que já viveram sua vida e irão ser usadas como lenha. Custa U$995+taxas.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Serial

O designer gráfico Ty Mattson se juntou a Vannen para fazer uma edição especial de um relógio para a última temporada do seriado Dexter: é o Dexter Special Edition Dark Passenger.


São vários elementos que farão os fãs se deliciarem. Cada um vem com uma caixa assinada pelo artista. Custa U$85+taxas.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Skol

Uma garrafa cheia de cerveja, que também é um objeto de design? Então... Esta é a primeira linha de garrafas de alumínio da Skol que não é só uma cerveja. A garrafa pode se transformar em relógio (Skol Clock), galheteiro, castiçais, luminária ou um vaso após o consumo da bebida.


O projeto assinado pela agência F/Nazca Saatchi & Saatchi aposta no design para introduzir Skol na vida do consumidor com uma ideia de reutilização do produto. De acordo com Bruno Oppido, diretor de arte da agência, "a intenção era transformar a nova garrafa em um objeto de desejo, mesmo quando ele está vazio. É por isso que todos os diferentes padrões de traduzir a identidade visual da marca e pode ser exibida por tempo indeterminado nas casas das pessoas."


A Skol lança também uma campanha com comercial de TV e os kits serão expostos em lojas de decoração. Os kits são uma edição limitada e os preços vão de R$29,90 (o relógio é R$49,90) a R$179,90.

terça-feira, 16 de julho de 2013

ARTE: O tempo não para

Tem mais de 50 relógios pra botar aqui, mas o tempo não para nem pra escrever. Então, só um poeta pra servir de desculpa.



Disparo contra o sol / Sou forte, sou por acaso / Minha metralhadora cheia de mágoas / Eu sou um cara
Cansado de correr / Na direção contrária / Sem pódio de chegada ou beijo de namorada / Eu sou mais um cara
Mas se você achar que eu tô derrotado / Saiba que ainda estão rolando os dados / Porque o tempo / O tempo não para

Dias sim, dias não / Eu vou sobrevivendo sem um arranhão / Da caridade / De quem me detesta
A tua piscina tá cheia de ratos / Tuas ideias não correspondem aos fatos / O tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado / Eu vejo um museu de grandes novidades / O tempo não para / Não para, não, não para

Eu não tenho data pra comemorar / Às vezes os meus dias são de par em par / Procurando agulha num palheiro
Nas noites de frio é melhor nem nascer / Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer / E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro / Transformam o país inteiro num puteiro / Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos / Tuas ideias não correspondem aos fatos / O tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado / Eu vejo um museu de grandes novidades / O tempo não para / Não para, não, não para

Dias sim, dias não / Eu vou sobrevivendo sem um arranhão / Da caridade de quem me detesta
A tua piscina tá cheia de ratos / Tuas ideias não correspondem aos fatos / O tempo não para
Eu vejo o futuro repetir o passado / Eu vejo um museu de grandes novidades / O tempo não para / Não para, não, não para

Que letra! Perfeita na letra e na voz de Cazuza! E vejam como é atual!